sexta-feira, outubro 06, 2006


Medos

A vida corre com o vento de feição, apenas onde se desenrola devagar a emoção,

Desconhecendo a saudade de outras marés, que não somente aquela que agora sobe

Com mais um anoitecer, sem espantos nem medos,

Apenas o tremor do abandono, da distância intolerável do mar,

Como se escondessem o mundo para não mais o revelar.

5 comentários:

Fran disse...

Você é dos poucos poetas modernos que me fascinam. Diariamente leio tuas poesias...desde que fui apresentada ao teu site.

gaivotadaria disse...

O mar tão longe e a sua envolvência cúmplice tão perto...
Ainda não descobri a minha relação com a noite...
Mas aqui descobri um artista das palavras.

Poesia Portuguesa disse...

"A vida corre com o vento de feição, apenas onde se desenrola devagar a emoção,"

... e a emoção está nas palavras, que ondeiam na mente.

Um abraço ;)

_estrelinha_ disse...

ola, so passeo para te desejar um bom resto de semana, ficabem

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,